Como criar um negócio online seguro

marketing online – Você criou um negócio online e precisa protegê-lo de crimes, e não sabe por onde começar? Fique tranquilo, neste artigo vou te ensinar tudo que precisa saber sobre como criar um negócio digital à prova de crimes. É muito simples, mas não pule nenhuma linha, e tenha em mãos todas as informações necessárias

Sabemos que a vida digital foi de grande comodidade para todas as pessoas, porém, elas alcançaram diversas regiões e pessoas, e com isso a implantação de um armazenamento de dados precisou ser criada.

E por atingir várias pessoas de diferentes tipos de perfil, sabemos que algumas destas pessoas, são mal-intencionadas e usam estes dados para prejudicar a outras, seja ela física ou jurídica.

E você sabe de fato o que são crimes virtuais, e o que a legislação fala sobre isso, e mais ainda…. o que fazer se for vítima de algum delito?

Fique tranquilo, vou te falar tudo agora.

negócio online

COMO CRIAR UM NEGÓCIO A PROVA DE CRIMES

Antes de mais nada, vou te ensinar os conceitos para entender melhor como trabalhar esta situação.

O que são crimes digitais

Pode ser conhecido também como cyber crimes, e são considerados todos os delitos ocorridos no ambiente virtual, ou seja, tudo aquilo que acontece de errado no com dispositivos eletrônicos conectados a rede mundial de computadores.

Segue alguns tipos de delitos que também podem ser considerados como crimes digitais:

  • Injúria
  • Calúnia e difamação
  • Falsa identidade
  • Estelionatário.
  • Discriminação
  • Pirataria
  • Roubo de dados e informações sigilosas

Mas entenda melhor o que a legislação fala.

Por conta da necessidade de armazenamento online de diversas informações, a invasão de dados passou a ser algo muito comum, e para que isso não mais acontecesse, uma legislação foi necessária para ser criada.

Desta forma, foram criadas as leis 12.737/12 (Lei dos Crimes Cibernéticos) e 12.965/14 (Marco Civil da Internet).

A lei 12.737/12, também conhecida como Lei Carolina Dieckmann, promoveu alterações no Código Penal, criminalizando as seguintes demandas:

    • Invasão de dispositivos informáticos alheios, conectados ou não à rede mundial de computadores 
  • Produção, oferecimento, distribuição, venda ou difusão de programas de computadores que se destinam à violação de dispositivos informáticos alheios;
  • Falsificação de cartão de crédito.

Mas o maior marco se deu na Lei 12.965/14 que cuidou da regulamentação do uso da internet, criando seus principais direitos e deveres, tanto para seus usuários como para as empresas.

Mas vamos lá, depois de descobrir o que é e como estes crimes podem afetar o seu negócio, está na hora de entender o que fazer para evitar tal situação.

Você pode adotar algumas medidas simples, mas que farão toda a diferença, como por exemplo:

    • O uso de softwares para armazenamento de dados – faça uso de softwares que são focados em armazenamento de dados, cuidado com empresas que prometem segurança, mas não as cumpri, faça uma pesquisa, até mesmo com outras empresas online, para verificar a qualidade de armazenamento.
    • Estes softwares devem sempre ser atualizados – todo o sistema operacional deve sempre ser atualizado, sem essa atualização, ele começa a ficar com falhas que facilita a invasão.
    • Backups – fazer o uso de backups semanal, ou em um período “X” de tempo, é de extrema importância, em um caso onde seu sistema é invadido, você tem como buscar as últimas atualizações e colocá-las no ar, o quanto antes.
  • Uso da criptografia – imagine uma transmissão de informação com senhas… ao enviar uma informação emito uma senha, e ao receber esta informação ela chega com outra senha e neste caminho de envio de informações ela vai toda embaralhada, e ninguém consegue ler, somente quem fez o envio, e quem o recebeu. Isso é a criptografia, é muito importante neste mundo virtual.
  • Contratação de um excelente antivírus – um antivírus instalado em todos os seus computadores deve ser feito, desta forma, evita a invasão de arquivos indesejados e maliciosos resultando em roubos de informações;
  • Análise de vulnerabilidade – Busque identificar quais são os pontos fracos e pontos fortes de sua empresa em relação à segurança. Existem empresas no mercado especialista para tal situação, e podem identificar os gaps que sua empresa tem, propondo assim melhorias de segurança para você e seus clientes.
  • Criação de políticas de segurança –  define normas, e deixe bem clara a seus funcionários, explique o quão importante é  uso de um antivírus em seus aparelhos eletrônicos, principalmente em casos de uso da rede Wi-Fi. Crie normas de permissões de uso de software específicos na rede da empresa, isso evita com que invasores aproveitem estes momentos para atacar seu sistema/servidor.
  • Detecção de comportamentos maliciosos – existem firewalls, como o WAF, que faz todo o monitoramento de tráfegos HTTP e HTTPS nas estruturas web de sua empresa. Com ele é possível identificar se existem usuários que estão tentando derrubar ou quebrar alguns códigos de sistema.
  • Promoção de dupla autenticação – não pense que utilizar senhas complexas seja o suficiente ok, faça o uso de ferramentas como Authy e o Google Authenticator, pois irão lhe auxiliar nesta situação. Pois além de colocar senhas, o usuário deverá colocar um determinado código que pode ser enviado via e-mail ou SMS, para um único número determinado de telefone.

Hoje em dia a internet é amplamente utilizada para atrair e conquistar clientes e por isto é necessário proteger seu negócio e também saber como agir em situações que você e sua empresa foram afetados. Seu cliente precisa se sentir seguro em fazer a sua compra e saber que seus dados estarão protegidos. 

Mas caso aconteça, não se desespere, pense com calma, e siga as seguintes dicas:

  • Preserve todos os indícios do crime, como arquivos e mensagens, tudo é muito importante, até mesmo aquilo que acredito que não seja;
  • Comunique imediatamente às autoridades para apuração do caso, faça um boletim de ocorrência e explique com muitos detalhes;
  • Se possível, contrate uma consultoria jurídica especializada em segurança da informação, ela poderá lhe auxiliar em todo o processo;

E aí? Pronto para colocar sua empresa em segurança? 

Seguindo todas estas dicas, você poderá ficar tranquilo, e passar está tranquilidade para seus clientes. Mostrando a eles que tem este controle sobre os crimes digitais, uma maior credibilidade será criada, e assim, clientes mais fidelizados para o seu negócio.

Fonte: Universo Paralelo Digital

 

 

LEIA TAMBÉM  Inventor faz um console de video game embutido na porta de um microondas
LEIA TAMBÉM  A Interface da qualidade do marketing criativo

Categorias: InternetOpinião