cantor Gotye- Ele não quis monetizar seu vídeo no Youtube
Internet Música

Ele não quis monetizar seu vídeo no Youtube com mais de 1,6 bilhões de visualizações

gotye interview h - Ele não quis monetizar seu vídeo no Youtube com mais de 1,6 bilhões de visualizações
Foto Divulgação

Cantor  Gotye – Já publicamos aqui no Mídia Interessante sobre uma das músicas mais tocadas da década de 2010. Algo que chama muita atenção até os dias de hoje, foi a música Somebody That I Used to Know”, chegou ao topo das paradas internacionais e o primeiro lugar na Bilboard em 2011 “Somebody That I Used to Know” é uma canção do cantor e compositor belgo/australiano Gotye, cujo nome verdadeiro é Wally De Backer. A música conta com a participação da cantora neo-zelandeza Kimbra. O clipe é uma obra de arte! A canção foi lançada na Austrália e na Nova Zelândia em 5 de julho de 2011 como o segundo single do terceiro álbum de Gotye, Making Mirrors (2011). A canção usa sample da música “Seville” de 1967 do cantor e compositor brasileiro de Bossa Nova, Luiz Bonfá. Em 2021 ele alcançou a marca de 1,6 bilhões de visualizações no Youtube.

gottye Somebody That I Used To Know - Ele não quis monetizar seu vídeo no Youtube com mais de 1,6 bilhões de visualizações

Foto Divulgação

Cantor  Gotye

Você pensaria que uma pessoa com tantas visualizações no YouTube teria ganhado dinheiro suficiente com os anúncios no site para durar a vida toda. Esse não é o caso de Gotye: ele realmente não monetizou seu vídeo de maior sucesso ou qualquer outro vídeo em seu canal do YouTube. Você só pode imaginar quanto dinheiro o videoclipe teria rendido, mas em comparação, o artista coreano Psy ganhou cerca de US$ 2 milhões apenas com a receita de anúncios quando o videoclipe de “Gangnam Style” alcançou 2 bilhões de visualizações.

gotye psy montag reprod widelg.Somebody That I Used To Know - Ele não quis monetizar seu vídeo no Youtube com mais de 1,6 bilhões de visualizações

Gotye não quer que sua música seja associada a produtos em anúncios e ele não está interessado em vender sua música. Essa é a simples razão pela qual Gotye potencialmente não ganhou milhões com anúncios no YouTube.

Segundo o The Guardian, a música ter vendido cerca de 13 milhões de cópias até 2014. Gotye parece mais preocupado em tocar bateria, do que em tentar capitalizar em um sucesso tão monstruoso. Não é incomum que você olhe para o EP de estreia de um artista australiano local e veja o nome de Backer nos créditos. 

Gotye and Kimbra Grammys 011 - Ele não quis monetizar seu vídeo no Youtube com mais de 1,6 bilhões de visualizações

Gotye e Kimbra posam com seus troféus no 55º Grammy Awards em Los Angeles em 2013. Fotografia: Robyn Beck / AFP / Getty Images Fotografia: Robyn Beck / AFP / Getty Images via The Guardian

Assim como o próprio artista, a receita para o sucesso da música é sua humildade – é um homem comum cantando sobre uma experiência que a maioria de nós tem em comum de uma forma realista, uma melodia que conhecíamos desde que podíamos processar sons. É um hino australiano, mas também universal.

Saiba mais e assista ao vídeo clipe no link abaixo

Primeiro lugar na Billboard 2011 “Somebody That I Used to Know”

 

LEIA TAMBÉM  Small Advantages: Gringos avaliam inglês de Joel Santana
LEIA TAMBÉM  Primeiro lugar na Billboard 2011 "Somebody That I Used to Know"

 

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.