Cientistas anunciam que provavelmente o maior buraco na camada de ozônio se fechou
Cotidiano Universo

Cientistas anunciam que provavelmente o maior buraco na camada de ozônio se fechou

buraco na camada de ozonio do artico e fechado - Cientistas anunciam que provavelmente o maior buraco na camada de ozônio se fechou
Gostou? Compartilhe nas Redes Sociais

Buraco na camada de ozônio se fechou – Os últimos dois meses foram difíceis para todos nós, especialmente com más notícias bombardeando nosso feed todos os dias, aparentemente sem parar. É por isso que boas notícias são exatamente o que precisamos agora e os cientistas acabaram de relatar algo muito emocionante. Acontece que um grande buraco na camada de ozônio do Ártico, que foi observado pela primeira vez em março, agora está fechado.

Como visto nas fotos fornecidas pela NASA Ozone Watch, um grande buraco na camada de ozônio se estende por toda a parte superior do hemisfério norte. Felizmente, levou apenas cerca de um mês para os dados mostrarem que o buraco foi fechado. Por quê? Bem, a princípio pode parecer que o COVID-19, que forçou as pessoas e as empresas a interromper suas vidas normais, é a causa mais provável, já que uma tendência de queda nos níveis de poluição na Itália foi observada em março.

A foto abaixo mostra a camada de ozônio no início de março

Créditos da imagem: NASA

Créditos da imagem: NASA

No entanto, desta vez não é o caso. Cientistas do Serviço de Monitoramento de Atmosfera Copernicus (CAMS) atribuem a cura da camada de ozônio, neste caso em particular, a causas mais naturais. Segundo eles, um vórtice polar (que é uma grande área de baixa pressão feita de turbilhão de ar frio) é exatamente o que causou o afinamento da camada de ozônio na área. Um forte vórtice polar foi observado por várias semanas em março e fez com que o ar frio permanecesse preso no Pólo Norte, o que por sua vez produzia nuvens de alta altitude, onde reações químicas estimulavam o esgotamento da camada de ozônio quando expostas à luz solar.

Agora que o vórtice polar está começando a diminuir, os valores do ozônio estão lentamente retornando ao normal, daí as fotos recentes mostrando o desaparecimento do buraco.

Parece que o buraco atingiu seu pico em 26 de março

Créditos da imagem: NASA

Um mês depois, em 26 de abril, a imagem fornecida pela NASA mostra que o buraco agora está fechado

Créditos da imagem: NASA

O Copernicus ECMWF usou sua conta do Twitter para fornecer algumas informações adicionais sobre o assunto

 

Embedded video

 

Créditos da imagem: CopernicusECMWF

Embora o buraco na camada de ozônio não tenha se fechado por causa do bloqueio mundial, é evidente que a natureza foi impactada

 

Fontes: Copernicus ECMWF / NASA

 

LEIA TAMBÉM  NASA divulga animação 3D de buraco negro engolindo estrela
LEIA TAMBÉM  Assista ao Documentário: O Universo - Mistérios revelados