Testando um colete à prova de balas
Curiosidades Fotos e fatos

Como era testado um colete à prova de balas no começo do século XX

colete balistico cbc tamtex taurus Testando um colete à prova de balas - Como era testado um colete à prova de balas no começo do século XX
Gostou? Compartilhe nas Redes Sociais
Este colete pesava 11 libras (5,0 kg), cabia perto do corpo e era considerado mais confortável.

Testando um colete à prova de balas, 1923 – Este colete pesava 11 libras (5,0 kg), cabia perto do corpo e era considerado mais confortável.

Os policiais ao fundo nesta segunda foto sbaixo, fazem parte do Departamento de Polícia do Condado de Frederick, e acredita-se que a arma que estão disparando é um revólver S&W Modelo 10. Murphy estava a menos de três metros da pistola de tiro e levou duas balas consecutivas de calibre .38 direto para o peito, e testemunhas oculares afirmam que ele “não piscou um olho” nos dois casos. Mais tarde, Murphy entregou a bala .38 desviada ao policial como lembrança. Esse colete pesava 11 libras (5,0 kg), cabia perto do corpo e era considerado mais confortável do que os tipos anteriores de coletes à prova de balas.

O policial disparando um revólver calibre .38 direto no peito.

O policial disparando um revólver calibre 38 direto no peito.

O colete à prova de balas tornou-se uma possibilidade interessante para as agências de aplicação da lei durante as décadas de 1920 e 1930, quando a Grande Depressão viu os níveis de crimes armados subirem e os ‘gângsteres’ ganharem destaque, muitos dos quais estavam armados com espingardas, pistolas de grande calibre, metralhadoras Thompson e espingardas automáticas. As forças policiais confrontadas com criminosos armados com esse formidável arsenal foram pegos no pé de trás e encararam os coletes como um método viável de proteção de oficiais e agentes.

Fonte original: Rare Photos

O Valente 

Este vídeo russo ou ucraniano mostra esse homem aparentemente confortável.

 

O presidente corajoso?

Imagens feitas da parte interna de veículo mostram o momento em que carro é alvejado por fuzil AK-47. O Presidente da empresa de blindagem americana participa do teste. Claro, se você prestar atenção no vídeo, ele é um boneco. Segundo a empresa por mais que seja 100% garantido, não é bom colocar em risco a vida do presidente.

 

A Pegadinha do cobaia

Colete à Prova de Balas | Câmera escondida SBT

LEIA TAMBÉM  Fotos tiradas no ângulo certo - Parte #1
LEIA TAMBÉM  A melhor pegadinha do Silvio Santos? (Fantasma no elevador)