Competição de HacKers para invadir satélites e caças militares dos EUA
Curiosidades Internet

Competição de HacKers para invadir satélites e caças militares dos EUA

hacker invasao satelite 1 - Competição de HacKers para invadir satélites e caças militares dos EUA
Gostou? Compartilhe nas Redes Sociais

Competição de HacKers para invadir satélites – Não é a primeira vez que o governo dos Estados Unidos solicita a ajuda de hackers e também não a última. As ”competições” Hack the Air / Military / Pentagon em Agosto 2019, provaram ser um grande sucesso, pois ofereceram insights sobre as vulnerabilidades cibernéticas das organizações individuais. A ideia é assegurar  se  realmente o sistema esta imune a ataques  cibernéticos. O Cybersecurity 202, por  exemplo, hackers encontraram sérias vulnerabilidades em um avião de caça militar dos EUA.

satelite segurança hackers3 - Competição de HacKers para invadir satélites e caças militares dos EUA

Competição de HacKers para invadir satélites

A Força Aérea dos EUA já planeja o DEF CON 28, onde permitirá que hackers tenham acesso a um satélite em órbita do Departamento de Defesa dos EUA por qualquer meio possível, conforme relatado pela Wired . Will Roper explicou que o objetivo é obter acesso à câmera a bordo do satélite e clicar em uma imagem da lua para ganhar o prêmio de “recompensa por insetos”.

satelite segurança hackers - Competição de HacKers para invadir satélites e caças militares dos EUA

Em apenas dois dias, sete hackers conseguiram encontrar inúmeras explorações que, juntamente com intenções maliciosas, poderiam ter sido usadas para prejudicar a Estação de Download de Informações de Aeronaves Confiáveis. Mas a Força Aérea dos EUA esperava esse resultado, conforme Will Roper, um oficial de aquisições do Washington Post , “eles conseguiram entrar pelas portas dos fundos que já sabiam estar abertas”.

“Eles conseguiram entrar pelas portas dos fundos que já sabiam estar abertas”, disse Will Roper, o principal oficial de aquisições da Força Aérea, em um resumo exclusivo dos resultados. Ele também quer abrir o sistema de controle de solo para um satélite militar operacional para testes de hackers, disse ele.

satelite segurança hackers2 - Competição de HacKers para invadir satélites e caças militares dos EUA

“Queremos trazer essa comunidade para sistemas de armas e aviões reais”, disse-me Roper. “E se eles tiverem vulnerabilidades, seria melhor encontrá-las antes de entrarmos em conflito.”

satelite segurança hackers4 - Competição de HacKers para invadir satélites e caças militares dos EUA

Esses desafios de hackers também serão úteis para o setor privado, porque aviões e satélites militares compartilham muitos de seus sistemas de computadores com as versões comerciais desses produtos, disse Roper, e a Força Aérea pode compartilhar suas descobertas. O Serviço Digital de Defesa começou organizando competições de hackers em larga escala em 2016, com nomes como “Hack the Pentagon” e, eventualmente, “Hack the Air Force”. Eles estavam abertos a quase todos – mas incluíam apenas alvos de hackers voltados para o público como sites e aplicativos de serviço militar. Logo depois, eles também começaram a abrir sistemas mais sensíveis a um número menor de hackers examinados que assinam acordos de “confidencialidade”, ou seja nada, nenhuma vírugla pode sair daquela  “sala do hackers”.