TESS descobre um Planeta que poderia ser até mesmo habitável
Universo

TESS descobre um Exoplaneta que poderia ser até mesmo habitável

O GJ 357d - TESS descobre um Exoplaneta que poderia ser até mesmo habitável
GJ 357d - Novo exoplaneta descoberto pela TESS

A ciência dos exoplanetas embora nova é sensacional e as vezes traz surpresas interessantes. Hoje, todo mundo sabe que a TESS é a caçadora de exoplanetas da NASA, ela usa a técnica do trânsito para descobrir exoplanetas. Se você ama, EUROPA e TITàou até mesmo PRÓXIMA bcomo nós e sonha que Elon Musk mande logo um foguete para esses lugares para descobrir logo se há vida fora do nosso planeta. Talvez um novo planeta poderá ganhar seu coração. Você vai ter que conhecer o GJ 357d conhecido como Super-Terra (A letra “d”, porque é o terceiro depois de sua estrela. A astronomia classifica “b” para o primeiro exoplaneta depois de sua estrela, “c” para o segundo e assim consecutivamente, dependendo de quantos planetas tem circulando a estrela.

tess – exoplaneta

GJ 357d super terra - TESS descobre um Exoplaneta que poderia ser até mesmo habitável

Quem é TESS?

A TESS (Transiting Exoplanet Survey Satellite) é um projeto de telescópio espacial liderado pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts para o programa de pequena exploração da NASA. Em 2013, a equipe da Nasa declarou que telescópio irá realizar um programa de dois anos de pesquisa ao longo de todo o céu para explorar exoplanetas em trânsito ao redor de estrelas próximas. Foi também declarado, na época, que o telescópio deve ser lançado em 2017. Durante sua missão a TESS pesquisará 200 mil estrelas, incluindo as mais brilhantes em nossos sistemas locais. O projeto TESS tem como objetivo identificar pelo menos 50 exoplanetas rochosos – do tamanho da Terra ou maiores – próximos o suficiente para que suas atmosferas sejam analisadas pelo muito maior Telescópio Espacial, James Webb, que deve ser lançado em 2020.

Tá, mas o que é um exoplaneta?

Exoplaneta (ou planeta extrassolar) é um planeta que orbita uma estrela que não seja o nosso Sol e, desta forma, pertence a um sistema planetário distinto do nosso.  A maioria dos exoplanetas possui condições inóspitas à existência de vida tal como é concebida em nosso planeta. Os planetas detectados até agora são, em sua maioria, do tamanho ou maior do que Júpiter e giram, na maioria das vezes, em órbitas muito próximas da estrela-mãe. Entretanto, os cientistas acreditam que isso se deve a limitações nas técnicas de detecção de planetas e não porque essas condições sejam mais comuns. Como, por exemplo, sete exoplanetas do tamanho da Terra que foram descobertos orbitando uma estrela anã vermelha conhecida como TRAPPIST-1

  exoplaneta Tá mas o que é um exoplaneta - TESS descobre um Exoplaneta que poderia ser até mesmo habitável

Então, quantos planetas existem no Universo?

Desde 20 de junho de 2019, existem 4090 exoplanetas em 3049 sistemas detectados, com 663 sistemastendo mais de um planeta. Há ainda 2.724 candidatos à espera de confirmação, é pouco? Embora a existência de sistemas planetários há muito tenha sido aventada, até a década de 1990 nenhum planeta ao redor de estrelas da sequência principal havia sido descoberto.

Todavia, desde então, algumas perturbações em torno da estrela atribuídas a exoplanetas gigantes vêm sendo descobertas com telescópios melhores. Mesmo por estimativas, as observações cada vez mais frequentes de exoplanetas gigantes reforçam a possibilidade de que alguns desses sistemas planetários possam conter planetas menores e consequentemente abrigar vida extraterrestre.

Existe um número certo de Galáxias?

Não, definitivamente galáxias podem ser infinitas. No entanto alguns cientistas “desocupados” através de dados do telescópios especial Hubble, identificaram um número mínimo. Segundo eles por meio de Inteligência Artificial definiram um número mínimo de galáxias. O Você pode ver o resultado aqui no Mídia Interessante na publicação sobre Quantas galáxias no mínimo existem no Universo.

aglomerado de galaxia - TESS descobre um Exoplaneta que poderia ser até mesmo habitável

TESS – Procurando novos exoplanetas

 

“Quanto mais os cientistas, colocam seus telescópios no espaço. Mais aterrorizaaaados eles ficam!”

eneas logo - TESS descobre um Exoplaneta que poderia ser até mesmo habitávelDr. Enéas Carneiro

TESS – O descobrimento recente

Recentemente a TESS descobriu um exoplaneta que transitava sua estrela. Porém, enquanto os astrônomos analisavam os dados da estrela para confirmar o GJ 357b, eles descobriram mais dois exoplanetas. Um deles é o GJ 357c, que tem 3.4 vezes o tamanho da Terra, orbita a estrela a cada 9.1 dias e tem uma temperatura na casa dos 127 graus celsius. E outro sim, um mundo bem interessante, o GJ 357d que chamou muito a atenção dos pesquisadores. Ele está localizado na borda externa da zona habitável da estrela, recebe praticamente a mesma quantidade de energia que Marte recebe do Sol, tem uma temperatura de equilíbrio de -53 graus Celsius, é 6.1 vezes maior que a Terra e orbita a estrela a cada 55.7 dias.

O mais legal do GJ 357d, dependendo se esse planeta possuir uma atmosfera a água poderia existir de forma líquida na sua superfície. E se ele for um mundo rochoso, ele teria cerca de 2 vezes o tamanho da Terra. Isso faz desse exoplaneta um mundo potencialmente habitável.

Saiba mais

Sérgio Sacani do SpaceToday explicou com detalhes esta nova descoberta:

Fonte: Wikipédia, site TESS, NASA e Space Today

 

Protótipo da nave estelar de Elon Musk pode ficar pronta já em poucos meses

Aprenda a fotografar profissionalmente com o Curso Master Cara da Foto

LEIA TAMBÉM  Sonda chinesa se depara com um gel estranho no lado oculto da Lua
LEIA TAMBÉM  Aprenda a fotografar profissionalmente com o Curso Master Cara da Foto

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.