Fotos perdidas do dia a dia americano nas décadas de 50 e 60
Cotidiano Fotos e fatos

Fotos perdidas de Vivian Maier do dia a dia americano nas décadas de 50 e 60

Vivian Dorothea Maier mirror - Fotos perdidas de Vivian Maier do dia a dia americano nas décadas de 50 e 60
Gostou? Compartilhe nas Redes Sociais

Fotos perdidas de Vivian Dorothea Maier.  Em 2007, o historiador e colecionador John Maloof encontrou uma caixa com milhares de fotografias em preto e branco e negativos de filmes de Vivian Dorothea Maier fotógrafa norte-americana que especializou-se na chamada street photography (fotografia de rua), nascida em 1926 no Estado americano de Ilinois. Somente em 2011, dois anos após a morte de Maier, seu talento esquecido foi reconhecido pelo público, quando suas obras começaram a viajar através de exposições nos EUA e na Europa e um livro de suas obras fotográficas foi publicado.

Fotos perdidas

Por toda a vida, guardou as fotografias, os negativos e fitas de áudio com pequenas entrevistas que fazia com as pessoas que fotografava. Este material só foi descoberto em 2007, por John Maloof, que reconheceu o valor artístico e histórico do material, mas foi somente após a sua morte que houve o reconhecimento de seu trabalho e o material começou a ser reproduzido na internet e em revistas especializadas, além da publicação de livros com o seu acervo e exposições

Actualmente, o trabalho de Vivian Maier vem sendo catalogado e será simultaneamente arquivado para poder ser apreciado futuramente pelos demais. Já com 90% do arquivo construído, o trabalho elegante e preciso de Vivian Maier torna-se um marco na arte da fotografia urbana. Embora tenha viajado e fotografado muitos lugares em todo o mundo, a maior parte de sua nova coleção de fotografias recém-encontrada concentra-se na vida de Chicago e Nova York nas décadas de 1950 e 1960.

A fotografia de Vivian Dorothea Maier era uma paixão secreta que ela escondia até mesmo de seus amigos mais próximos. Ela foi descrita como uma pessoa de mente aberta com pontos de vista socialistas e feministas e uma personalidade honesta. Isso é evidente em sua fotografia, que muitas vezes se concentra nos pobres e menos afortunados. Parece que ela sempre conseguiu chegar ao lugar certo no momento certo para capturar o poder e a beleza crua da vida na cidade americana de meados do século.

 

Fonte:  vivianmaier.com 

Fotos perdidas do dia a dia americano nas décadas de 50 e 60

nova-iorque-chicago-rua-fotografia-vivian-maier-34

nova-iorque-chicago-rua-fotografia-vivian-maier-27

nova-iorque-chicago-rua-fotografia-vivian-maier-33

nova-iorque-chicago-rua-fotografia-vivian-maier-36

nova-iorque-chicago-rua-fotografia-vivian-maier-32

]

nova-iorque-chicago-rua-fotografia-vivian-maier-31

]

nova-iorque-chicago-rua-fotografia-vivian-maier-24

]

nova-iorque-chicago-rua-fotografia-vivian-maier-23

nova-iorque-chicago-rua-fotografia-vivian-maier-22

nova-iorque-chicago-rua-fotografia-vivian-maier-21

nova-iorque-chicago-rua-fotografia-vivian-maier-20

nova-iorque-chicago-rua-fotografia-vivian-maier-29

nova-iorque-chicago-rua-fotografia-vivian-maier-3

nova-iorque-chicago-rua-fotografia-vivian-maier-25

nova-iorque-chicago-rua-fotografia-vivian-maier-19

nova-iorque-chicago-rua-fotografia-vivian-maier-18

nova-iorque-chicago-rua-fotografia-vivian-maier-17

nova-iorque-chicago-rua-fotografia-vivian-maier-16

nova-iorque-chicago-rua-fotografia-vivian-maier-4

nova-iorque-chicago-rua-fotografia-vivian-maier-15

Fotos perdidas do dia a dia americano nas décadas de 50 e 60

nova-iorque-chicago-rua-fotografia-vivian-maier-9

nova-iorque-chicago-rua-fotografia-vivian-maier-8

nova-iorque-chicago-rua-fotografia-vivian-maier-14

nova-iorque-chicago-rua-fotografia-vivian-maier-7

nova-iorque-chicago-rua-fotografia-vivian-maier-6

nova-iorque-chicago-rua-fotografia-vivian-maier-13

nova-iorque-chicago-rua-fotografia-vivian-maier-12

nova-iorque-chicago-rua-fotografia-vivian-maier-5

nova-iorque-chicago-rua-fotografia-vivian-maier-11

nova-iorque-chicago-rua-fotografia-vivian-maier-2

nova-iorque-chicago-rua-fotografia-vivian-maier-1

Vivian Maier, Auto-retrato

nova-iorque-chicago-rua-fotografia-vivian-maier-37

LEIA TAMBÉM  Árvores mais antigas do que a Pirâmide do Egito