E se o filme Viagem á Lua de Jupiter fosse verdade?
Universo Vídeos

E se o filme Viagem á Lua de Júpiter fosse verdade?

Viagem á Lua de Jupiter
Gostou? Compartilhe nas Redes Sociais

Viagem á Lua de Jupiter – No filme de ficção cientifica “Viagem à Lua de Júpiter” – Um grupo de astronautas viaja em uma missão especial até Europa, uma das luas de Júpiter, para investigar a possibilidade da existência de vida alienígena. Para quem não sabe a lua EUROPA é inicialmente uma das grandes possibilidades de se encontrar vida no Sistema Solar.

 

A lua de Jupiter é um dos lugares mais ambiciosos que a NASA quer explorar para procurar vida. Se a vida existir mesmo fora do nosso planeta a lua EUROPA é o lugar numero 1 a se procurar. Como em um time de futebol, o cientistas tem seus planetas preferidos, no caso Titã de Saturno e EUROPA de Jupiter estavam na final, no entanto o plano mais econômico e com menor necessidade de tecnologia ficou mesmo para EUROPA. Inicialmente a NASA pretende enviar uma sonda para estudar a Lua em todos os seus sentidos e aspectos por volta de 2020, só depois, enviar o “main course” o prato principal de todos os estudos, e enviar uma missão que perfure o gelo e alcance o enorme oceano de quase 100 km.

 

“Nós achamos que há um oceano de água líquida sob a superfície e sabemos que, na Terra, em todos os lugares em que há água, encontramos vida”, disse Robert Pappalardo, cientista do projeto da missão Europa.

 

Assista também o Curioso News:

 

EUROPA

Europa, junto com três outras grandes luas de Júpiter, Io, Ganímedes e Calisto, foram descobertas por Galileo Galilei em 8 de janeiro de 1610. Europa é um dos quatro satélites naturais do planeta Júpiter conhecidos como luas de Galileu. É a sexta maior lua do Sistema Solar. Europa foi descoberta em 1610 por Galileu Galilei, recebendo o nome de Europa, a mãe do rei lendário Minos de Creta e amante de Zeus (equivalente ao deus romano Júpiter).

Ligeiramente menor do que a Lua, Europa é principalmente feita de rocha de silicato e tem uma crosta de água-gelo e provavelmente um núcleo de ferro-níquel. Tem uma atmosfera tênue composta principalmente de oxigênio. Sua superfície é estriada por rachaduras, enquanto as crateras são relativamente raras. Além das observações do telescópio terrestre, Europa foi examinada por uma sucessão de sondas espaciais, a primeira visitando-a no início da década de 1970. Europa tem a superfície mais lisa do que qualquer objeto sólido conhecido no Sistema Solar. A juventude aparente e a suavidade da superfície levaram à hipótese de que existe um oceano aquático abaixo dela, o qual poderia concebivelmente abrigar vida extraterrestre.

E como seria essa “missão”?

Seria mais ou menos assim…

Você ainda não assistiu o filme a “Viagem a Lua de Júpiter”? Então assista pelo Youtube!

* lembrando que o filme é uma ficção cientifica, e claro com nossa tecnologia atual seria impossível enviar astronautas como exibido no filme.

 

LEIA TAMBÉM  Programa Auto News TV fala sobre o novo Audi A4 2017
LEIA TAMBÉM  Veja onde está exatamente o furacão Florence e/ou Outros