Desviar asteroide: NASA vai fazer seu primeiro desvio já em Outubro 2017
Cotidiano Universo

NASA vai estudar seu primeiro desvio de asteróide já em Outubro 2017

desviar asteroide
Gostou? Compartilhe nas Redes Sociais
Desviar asteroide: A NASA chegará a testar seu sistema de defesa planetária mais cedo do que pensávamos

Calma, para quem acompanha o Mídia Interessante sabe que você só se deve se preocupar com asteroides em 2880. No entanto, é de se esperar que alguns passam raspando a “orelha” do nosso querido Planeta Terra. O asteróide 2012 TC4 passará raspando com segurança pela Terra. Mesmo que os cientistas ainda não possam prever exatamente o quão próximo ele se aproximará, eles estão certos de que não chegará a mais de 4.200 quilômetros (6.800 quilômetros) da superfície da Terra. Não terá impacto, talvez, mas não se preocupe, eles estão monitorando passo a passo.

Acompanhando a aproximação

Quem leu nossa publicação sobre o asteroide que ia passar raspando na Terra em Outubro de 2017, alertado pelo site Apollo 11, vai lembrar qual asteróides estamos tratando. No entanto a NASA já havia dito sobre uma missão de desviar um asteróide somente em 2022, mas parece que o asteróide Didymos, continuará no projeto. E os estudo do 2012TC4 será base para os estudos da missão do asteróide Didymos em 2022, este sim está longe, será desviado somente para teste. (Clique aqui e saiba mais sobre o Dydimos).

desviar asteroide

desviar asteroide

 Quem é o 2012 TC4?

desviar asteroide 

O asteróide chamado 2012 TC4 vai fazer a sua aproximação mais próxima da Terra em 12 de outubro, chegando incrivelmente perto do nosso planeta. No ponto mais próximo, espera-se que a rocha seja tão próxima quanto 4.200 milhas de nosso planeta. Compare isso com a órbita da nossa lua de cerca de 240 mil milhas e você tem uma boa idéia de como o rock espacial será insanamente próximo. 2012 TC4 tem entre 30 e 100 metros de diâmetro.

A estreita ligação faz 2012 TC4 uma cobaia fantástica para a rede de detecção de asteróides da NASA, que exigirá a cooperação entre muitos cientistas e observatórios atuando em conjunto para estabelecer o caminho exato do asteróide. Atualmente, os pesquisadores sabem o suficiente sobre o caminho do asteróide para ter certeza de que isso não representa uma ameaça para nós, mas descobrir exatamente onde ele irá passar será um teste real do sistema.

“Este é um esforço de equipe que envolve mais de uma dúzia de observatórios, universidades e laboratórios em todo o mundo para que possamos coletivamente aprender os pontos fortes e as limitações de nossas capacidades de observação de objetos próximos da Terra”, o professor Vishnu Reddy, do Lunar e Planetário da Universidade do Arizona Laboratório disse sobre o evento. “O objetivo da campanha TC4 é recuperar, rastrear e caracterizar 2012 TC4. “Este esforço exercerá todo o sistema, incluindo as observações iniciais e de acompanhamento, a determinação precisa da órbita e as comunicações internacionais.”

APOLLO 11 – ASTEROIDES PRÓXIMOS

Previsão de aproximação
Em 06/ago/2017 o asteroide 2017 NB7 passará a 6.65 LD da Terra, cerca de 2 milhões de km km. 
Mais próximo na base de dados: Em 12/out/2017. 2012 TC4 a 0.03 LD, cerca de km.

Fonte principal: NASA
Fontes extras: Yahoo.com, Mic.com, Apollo11

Foi por pouco: Asteróide vai passar próximo da Terra!

Gostas de Astronomia? Melhores canais do Youtube PT/BR para se seguir

LEIA TAMBÉM  Space X confirma finalização de foguete que poderá levar um dia ser humano a Marte

LEIA TAMBÉM  NASA diz que baixo orçamento impossibilita viagem do homem a Marte