Cachorros no espaço: Fatos Interessantes dos animais astronautas
Curiosidades Universo

Fatos Interessantes sobre as cadelinhas no espaço

animais no espaço soviet space dogs 1 - Fatos Interessantes sobre as cadelinhas no espaço
Gostou? Compartilhe nas Redes Sociais

Cachorros no espaço: Quem teve oportunidade de ler o nossa publicação sobre a interessante história dos pintinhos astronautas ou que pôde inclusive assistir a vídeo-aula do Júnior no canal Homem do Espaço no Youtube. Sabe dos projetos russos sobre a o envio a estudo de diversos animais ao espaço. O animalzinho mais famoso é a cadelinha Laika (Ла́йка), que se tornou conhecida por ser o primeiro ser vivo terrestre a orbitar o planeta Terra, inclusive foi lançada ao espaço a bordo da nave soviética Sputnik 2 em 3 de novembro de 1957, um mês depois do lançamento do satélite Sputnik 1.

Cachorros no Espaço

Todos já sabem que a cadelinha vira-lata Laika (Ла́йка) foi a primeira cachorrinha a ir ao espaço, no entanto, ela não era a primeira escolha era para ser a “Albina” que era a astronauta mais experiente da época. Albina era a cadelinha astronauta que era para ir ao espaço, porém ela engravidou durante o treinamento. Na década de 50 e 60, a União Soviética utilizou vários cãezinhos, como seres substitutos em testes de voos sub-orbitais e orbitas, a fim de determinar a possibilidade do voo espacial humano. Nestas duas décadas os soviéticos lançaram missões tripuladas com no mínimo 57 cachorros. O número de cães que foram ao espaço é reduzido, e alguns cães voaram mais de uma vez. A maioria sobreviveu aos testes, e os poucos que morreram foram perdidos principalmente por decorrência de falhas técnicas.

Sobre a Laika

Laika (Лайка, “Latidora“), originalmente nomeada de Kudryavka (Кудрявка, “Encaracolada“), tornou-se o primeiro ser vivo terrestre em órbita, a bordo do Sputnik 2, em 3 de novembro de 1957. Alguns afirmam ser o primeiro passageiro vivo no espaço, mas outros reivindicam esse posto para os passageiros dos voos sub-orbitais. Ela era também chamada de Zhuchka (Жучка, “Besourinho“) e Limonchik (Лимончик, “Limão”). As mídia americana apelidaram-na de “Muttnik”. Laika morreu após 5 a 7 horas de voo devido ao estresse e ao grande aquecimento da nave. A verdadeira causa de sua morte não foi tornada pública até outubro de 2002; os funcionários do programa espacial soviético tinham reportado na época que a morte ocorrera devido ao vazamento no suprimento de oxigênio. O cientista russo Oleg Gazenko, responsável pelo projeto, expressou desde então seu pesar por permitir que Laika partisse para a morte.

animais no espaço soviet space dogs2 - Fatos Interessantes sobre as cadelinhas no espaço

Cachoros no espaço

Cachoros no espaço

Cachorros no espaço

Cachorros no espaço

Cachorros no espaço

Cachorros no espaço

animais no espaçoanimais no espaço soviet space dogs 4 - Fatos Interessantes sobre as cadelinhas no espaçoanimais no espaço soviet space dogs 6 - Fatos Interessantes sobre as cadelinhas no espaçoanimais no espaço soviet space dogs 7 - Fatos Interessantes sobre as cadelinhas no espaçoanimais no espaço soviet space dogs 8 - Fatos Interessantes sobre as cadelinhas no espaço

Streaming ao vivo…
Saiba tudo sobre o envio dos animais aos espaço, nesta vídeo aula:

Assista a vídeo-aula Homem do Espaço (Cachorros no Espaço)

 

+ A interessante história dos pintinhos astronautas

A interessante história dos pintinhos astronautas

 

LEIA TAMBÉM  É possível ver a Estação Espacial agora no Google Street View
LEIA TAMBÉM  Os números cardinais e o infinito: Até quantos você sabe contar? Até onde vão os números