O homem mais rico do Brasil e os 165 Pokemóns - Fotos, Curiosidades, Comunicação, Jornalismo, Marketing, Propaganda, Mídia Interessante
Curiosidades

O homem mais rico do Brasil e os 165 Pokemóns

bilionarios - O homem mais rico do Brasil e os 165 Pokemóns
Gostou? Compartilhe nas Redes Sociais
  • 2b725 jorge paulo lemann - O homem mais rico do Brasil e os 165 Pokemóns
     
  • São 165 Pokemóns? Não! Mas são os 165 bilionários brasileiros. Sim somente no Brasil há 165 bilionários.

O trocadilho, diz se a respeito que, a dificuldade de acha-los é imenso. Além de que muitos bilionários são jogadores de Pokémons assumidos, embora eles mesmo não tem tantos Pokemóns como queriam.

 
Não sabemos realmente sobre o Neymar nesta lista, pois a última, lista sobre os patrimônios do jogador, em 2015, e na ocasião ele era um meio bilionário. Neymar do Barcelona tem cerca de (135 milhões de euros) R$ 446 milhões.
 
  • A fortuna de Jorge Paulo Lemann ultrapassou os incríveis R$ 100 bi, segundo a revista Forbes Brasileira. O nome dele é Jorge Paulo Lemann, 76, ele é o homem mais rico do Brasil pelo quarto ano seguido e também o que mais ganhou dinheiro no último ano.
De acordo com o site UOL Economia, a revista “Forbes Brasil” apontou que o patrimônio dele cresceu 23,76%: passou de R$ 83,7 bilhões, em 2015, para R$ 103,59 bilhões, em 2016. Um salto de R$ 19,89 bilhões. Até então, nenhum brasileiro havia rompido a marca dos R$ 100 bilhões, de acordo com a revista.
O enriquecimento de Lemann representa um ganho de R$ 54,34 milhões por dia, ou R$ 2,26 milhões por hora em um ano, considerando um dia a mais em fevereiro. A revista calculou a variação do patrimônio no período de 12 meses anteriores a 15 de julho de 2016.
O Site UOL Economia também disse que ele é ex-jogador profissional de tênis, Lemann é sócio da empresa de investimentos 3G Capital Partners, que possui marcas como Budweiser, Burger King e Heinz. No Brasil, ele tem participação na Ambev, fabricante de cervejas como Brahma, Skol e Antarctica.
O site UOL Economia também informou que a maior parte de sua fortuna vem da participação na AB Inbev, maior grupo cervejeiro do mundo. Em outubro do ano passado, a empresa anunciou a compra da rival e vice-líder no mercado de cervejas SABMiller, por mais de US$ 100 bilhões. A conclusão do negócio ainda depende da aprovação de órgãos de concorrência pelo mundo.
Os sócios de Lemann na 3G Capital, Marcel Herrmann Telles, 66, e Carlos Alberto Sicupira, 66, também viram suas fortunas crescer em um ano, segundo a revista. Telles, o terceiro mais rico do Brasil, aumentou seu patrimônio em R$ 6,43 bilhões, passando de R$ 42,26 bilhões, no ano passado, para R$ 48,69 bilhões, neste ano.
E você preocupado com a crise!
LEIA TAMBÉM  É verdade que o nome do filho de Elon Musk é "X Æ A-12"?