Internet Marketing

Todos contra a Netflix

Fotos, Curiosidades, Comunicação, Jornalismo, Marketing, Propaganda, Mídia Interessante netflix_3 Todos contra a Netflix Internet Marketing  Todos contra a Netflix O futuro da Netflix netflix guerra empresas contra contra concorrentes
Gostou? Compartilhe nas Redes Sociais

Todos contra a NetFlix. Engraçado, muitos anos atrás até mesmo antes da própria NetFlix lá para bandas da já falecida Blockbuster, que faturava $6 bilhões de dólares ao ano, tínhamos a aquele sistema per-pay-view, que prometia mudar o jeito ir a locadora, muitos críticos diziam, agora o futuro será alugar filme pela Internet, com preços de locadora. Muito bem, o tempo passou e o que era para ser o óbvio simplesmente evolui para algo totalmente melhor e inesperado que se chamou Netflix. Hoje se você quiser alugar um filme, e achar um filme nas plataformas de streamings concorrentes da NetFlix por um preço de R$ 3,99 é muito difícil. Em 2000, a Blockbuster se recusou várias ofertas de compra Netflix por US $ 50 milhões. Blockbuster é, certamente recusou a oferta, o que pode ter parecido irrelevante e sem importância na época. Mal sabia a Blokbuester que cresceria tanto mais tanto que hoje o número de assinantes da Netflix nos Estados Unidos e no Canadá é igual à população da Austrália, por exemplo. Muito da briga da NetFlix é pela obrigação de 20% de conteúdos brasileiros. Mas é óbvio que o maior conglomerado de mídia do Brasil, a Rede Globo, detém direito a quase todos os folhetins não vai liberar tão fácil para a Netflix, o motivo você lê mais adiante. Agora uma outra oportunidade surge meu amigo, se a Rede Globo não repassa os direitos de transmissão para a NetFlix, surgem as produtoras alternativas, que por sinal, há muitos curtas e desenhos brasileiros de produtoras independentes que mereciam sim ser divulgados, assim nos faz concordar com a ANCINE.

COMPARATIVO

Fotos, Curiosidades, Comunicação, Jornalismo, Marketing, Propaganda, Mídia Interessante netflix-vs-blockbuster-revenues Todos contra a Netflix Internet Marketing  Todos contra a Netflix O futuro da Netflix netflix guerra empresas contra contra concorrentes

Mas agora as empresas estão correndo atrás para fazer uma plataforma que realmente possa competir a altura. E desde então a NetFlix esta sofrendo muitos “boicotes,” com não liberação de série e filmes em todo o mundo. Abaixo algumas empresas que almejam competir de vez com a maior operadora de streaming do mundo. Veja abaixo “algumas” das empresas que podem causar dor de cabeça, ou não para a NetFlix. Embora o grande diferencia da NetFlix foi o próprio preço que chamou muito a atenção de novos clientes.

AT&T (HBO + TIME WARNER) 

Recentemente a AT&T anunciou a aquisição da Time Warner por US$ 85,4 bilhões. A Time Warner tem mais filhos de outro casamento do que qualquer outra empresa, mas ainda é um dos maiores conglomerados de mídia do mundo. A empresa afirmou criação de uma plataforma de vídeo capaz de concorrer com a Netflix, líder mundial no segmento de streaming. Com muitos desenhos e filmes que fazem parte Time Warner não dá Warner Communications, que fique bem claro. E todos os filmes e séries responsáveis pela parte da HBO, como até mesmo conteúdo brasileiro “O JUIZ”, ou séries famosas da HBO  “A 7 Palmos” e poderiam entrar na plataforma. O CEO da AT&T, Randal Stephenson, explicou que com o controle da HBO e do estúdio de cinema Warner Bros, o maior de Hollywood, a companhia pretende criar um produto que consiga compensar a queda de sua divisão de TV via satélite, a DirectTV.

 

GOOGLE

Com o Google Red o sonho era tornar, o YouTube uma ferramenta também de séries e filmes, mas a idéia foi tendo outro rumo, não sabemos como está o teste do Google para novos gêneros em streaming. O YouTube Red é um pago streaming de serviço de assinatura exclusivamente para o YouTube nos Estados Unidos, Austrália, México e Nova Zelândia. Ele fornece streaming de livre de publicidade de todos os vídeos hospedados pelo YouTube, a reprodução offline e fundo de vídeos em dispositivos móveis, acesso à música sem publicidade que flui através do Google Play music , e acesso a séries e filmes “YouTube Red original”. 

REDE GLOBO

A Rede Globo não só não quis vender seus folhetins para a Netflix, ao contrario de Silvio Santos, mas resolveram colocar tudo em sua nova plataforma de conteúdo do GloboPlay. Toda essa “guerra” em questão é  a Globo tem participações na SKY. Por isso que a Globo não investe na NetFlix, pois estaria jogando contra o próprio patrimônio, entenderam?

VIVO

A empresa de telefonia VIVO lançou o STUDIO +, é uma plataforma somente para app, é uma nova geração de séries curtas e originais com episódios na medida para seu smartphone. Segundo o site é diversão garantida e sem limites a qualquer momento do dia, mesmo sem internet, que é um grande diferencial.

Seja velhas ou novas plataformas, de conglomerados mais influentes do mundo ou empresas nacionais, o resultado é que todo mundo quer ser espaço no mundo do streaming. 

Por Mídia Interessante