Cotidiano Televisão

Susto: Jornalista Monalisa Perrone da Rede Globo leva empurrão Ao Vivo

Fotos, Curiosidades, Comunicação, Jornalismo, Marketing, Propaganda, Mídia Interessante monalise-perrone Susto: Jornalista Monalisa Perrone da Rede Globo leva empurrão Ao Vivo Cotidiano Televisão
Gostou? Compartilhe nas Redes Sociais

Ao vivo durante o Jornal Hoje. A jornalista Monalisa Perrone foi empurrada durante a reportagem que apresentava o estado de saúde do ex-presidente Lula no hospital Sírio-Líbanês, em SP. O caso ainda vai dar o que falar. A TV Globo divulgou no jornal “SPTV” na noite desta segunda (31) que registrou boletim de ocorrência e estuda tomar medidas legais contra o grupo que empurrou a jornalista Monalisa Perrone durante reportagem em frente ao hospital Sírio-Libanês. “Trata-se de pessoas cujo propósito é aparecer. Não é a primeira vez. Como houve agressão, a TV Globo estuda que medidas legais tomar”, informou a Central Globo de Comunicação.

A jornalista foi interrompida durante a transmissão do “Jornal Hoje” desta segunda-feira em frente ao hospital em que está o ex-presidente Lula, que trata de um câncer na laringe. “Levei um susto enorme, estou tremendo, não sei se consigo falar direito. Em 20 anos de televisão isso nunca me aconteceu, um desrespeito enorme. Mas enfim, televisão ao vivo é isso”, disse Monalisa ao voltar para o programa após o incidente.
Em entrevista ao UOL por telefone, o rapaz que se diz responsável pela invasão afirmou que não teve intenção de agredir a jornalista. “O nosso intuito não é agredir ninguém, é só invadir os links da Rede Globo,” disse, referindo-se às transmissões ao vivo da emissora. No ano passado, o mesmo grupo atrapalhou reportagens de César Tralli, na Globo.

O rapaz declarou também que teria sido empurrado pelos seguranças da Rede Globo no momento em que se chocou com Monalisa Perrone ao vivo. “No vídeo, você pode ver que eu digo o seguinte: ‘Me derrubaram aqui’”.

A repercussão do caso entrou nos trending topics do Twitter, que lista os assuntos mais comentados do dia na rede social.
A Associação Brasileira de Imprensa (ABI) divulgou nota lamentando o ocorrido e disse que “jamais, em tempo algum, ato de agressão física é aceito por qualquer motivo que seja”.
Fonte UOL

Jornalista volta ao ar depois do empurrão