Cotidiano Televisão

O “Homem grávido”? Documentário do Discovery Channel

Fotos, Curiosidades, Comunicação, Jornalismo, Marketing, Propaganda, Mídia Interessante homem-gravido O "Homem grávido"? Documentário do Discovery Channel Cotidiano Televisão
Gostou? Compartilhe nas Redes Sociais

 
Seria mesmo possível um homem estar grávido? E o que você acha disso?

Fotos, Curiosidades, Comunicação, Jornalismo, Marketing, Propaganda, Mídia Interessante homem_gravido_thumb%5B34%5D O "Homem grávido"? Documentário do Discovery Channel Cotidiano Televisão

O canal a cabo Discovery Channel apresentará seu especial contando a história do “Homem Grávido”, a narração será dublada, pela Discovery Channel Brasil que exibirá na tv cabo este essencial documentário. Mas a passos largos o nascimento do bebê poderá ter consequências estranhas para o futuro da criança. Não achas?
O Homem Grávido, especial do canal Discovrey Channel que narra a história do americano(a) Thomas Beatie, que em 2008 ficou conhecido como o “primeiro homem grávido do mundo” e hoje espera seu segundo filho que está previsto para nascer em meados de junho de 2009. 
  • Veja a explicação do site da Discovery Channel:
    Fotos, Curiosidades, Comunicação, Jornalismo, Marketing, Propaganda, Mídia Interessante discovey-channel_thumb%5B9%5D O "Homem grávido"? Documentário do Discovery Channel Cotidiano Televisão    A trajetória da primeira gravidez de um “homem” chega ao Discovery Channel em O HOMEM GRÁVIDO (PREGNANT MAN), documentário exclusivo que conta a história real de Thomas Beatie durante as semanas finais de sua gestação e o marcante nascimento de sua filha. Nascido originalmente mulher, Thomas submeteu-se a múltiplos tratamentos médicos para ser identificado biologicamente, socialmente e legalmente como um homem. A impossibilidade de sua esposa, Nancy, engravidar fez com que ele interrompesse seu tratamento de testosterona e se submetesse a uma inseminação artificial. O sucesso do procedimento permitiu com que o primeiro “homem grávido” desse luz a uma saudável menina, em junho de 2008.
    Com uma hora de duração, O HOMEM GRÁVIDO traz à tona a reflexão sobre a troca de sexualidade, o que acontece com as pessoas que expõem e assumem a mudança em suas vidas e examina como Americanos reagem hoje aos temas como transexualidade, família e tolerância.
    A família Beatie vive na cidade de Bend, Oregon, EUA e desde que a gravidez de Thomas foi anunciada em rede nacional, o casal é constantemente perseguido pela imprensa e sua rotina nunca mais voltou a ser a mesma.
    O HOMEM GRÁVIDO é uma co-produção da September Films e do Discovery Health. Sara Kozak é a produtora executiva para o Discovery Health e Sheldon Lazarus, do September Films. 

    Fotos, Curiosidades, Comunicação, Jornalismo, Marketing, Propaganda, Mídia Interessante homemgravido_thumb O "Homem grávido"? Documentário do Discovery Channel Cotidiano Televisão
    www.discoverybrasil.com/video/o-homem-gravido/

 

 

5 Comentários

  • PERIGO A VISTA!
    HOMEM(?) DÁ A LUZ(?) – VERDADE NÃO PUBLICADA

    LOS ANGELES – Thomas Beatie, 34 anos, que “NASCEU MULHER”, mas, por meio de terapias hormonais e cirurgias – MUTILAÇÃO -, mudou de sexo, deu à luz uma menina em um hospital do Oregon, mudança esta que preservou seus órgãos reprodutores femininos ao transformar-se – MENTIRA – em um homem(?) há dez anos. O bebê, concebido por meio de inseminação artificial usando o esperma de um doador e um óvulo do próprio Beatie, nasceu no dia 29 de junho e, segundo Beatie, “está bem de saúde”. “A única coisa diferente a meu respeito é que “não posso amamentar” o meu bebê. Mas muitas mães não amamentam seus filhos”, afirmou Beatie, cujos peitos foram retirados em uma cirurgia”.

    A imoralidade esta avançando e fazendo seus estragos. Quem paga o preço é a FAMÍLIA que está servindo de deboche e de escárnio para os oportunistas. Primeiro que ele “NÃO MUDOU DE SEXO”, mudou o seu “ESTEREOTIPO”, pois sexo jamais se muda, nasce com ele e com ele vai morrer. É a “BIOLOGIA” e não eu que faz esta afirmação. Lamentavelmente tem muita gente embarcando nesta canoa furada e dando espaço na “MÍDIA” para este tipo de porcaria.

    O ser humano está “RIDICULARIZANDO” Deus quando se submete a coisas desta natureza, pois se ele, na concepção, definiu como macho ou fêmea aquilo que virá ao mundo por uma “MÃE” jamais poderia o homem “TENTAR” alterar de forma violenta o projeto original de Deus. Ao se mutilar por um processo RIDÍCULO cirúrgico, homem ou mulher estará tão somente mudando as “APARÊNCIAS” posto que a originalidade é “IMUTÁVEL”.

    A humanidade está sendo “DESMORALIZADA” pela classe médica quando esta se sujeita a realizar atos cirúrgicos para a “ADAPTAÇÃO” de um sexo a outro. Pior, estão fazendo isto, encarnados numa mentira deslavada e profunda que não é revelada ao paciente, já que qualquer profissional da área de medicina sabe, pela formação que possuem, que é “IMPOSSÍVEL” mudar o sexo de alguém. A “IRRESPONSABILIDADE” profissional neste caso é evidente!

    É humilhante e deprimente ver estas aberrações acontecendo e tendo a aprovação da sociedade e da mídia. Mídia que compactua com esta “ASNEIRA” com toda a naturalidade do mundo o que não é surpresa, pois sabem eles que se forem contra perderão rios de dinheiro dos defensores destas imoralidades. É constrangedor ver que mesmo no Brasil as autoridades estejam “INSTITUCIONALIZANDO” esta prática perniciosa e vergonhosa com a desculpa esfarrapada de estarem atendendo aos “DIREITOS HUMANOS”. E os DIREITOS DA SOCIEDADE? E os DIREITOS DA FAMÍLIA? E os DIREITOS DOS PAIS em ver seus filhos no estado original de concepção? E o DIREITO DOS FAMILIARES em conviver com um parente da forma como ele foi gerado? Quanta humilhação será para esta criança ao descobrir esta barbárie que cometeram com ela! E aí? De quem é a responsabilidade?

    É preciso com urgência coibir esta prática, do contrário com a família descendo ladeira abaixo como está será inevitável o convite para o “VELÓRIO” da mesma. O caixão parece que até já foi encomendado e o cemitério escolhido, quem sabe não aparece um Padre disposto a celebrar a “Missa de Corpo Presente”? Afinal, a “IGREJA CATÓLICA” tem demonstrado apoio total a estas aberrações quando evita condenar as práticas homossexuais que são largamente praticadas por seus seguidores.

    Carlos Roberto Martins de Souza
    crms2casa@otmail.com

  • Só se for a sua “IGREJA CATÓLICA”, que está promovendo isso, pois a minha, nunca! Igreja católica original, nunca vai aceitar esse tipo de coisa. Vai estudar o catolicismo e depois você faça um comentário desses, tá legal? A paz de Jesus, prá você.

  • Concordo plenamente, jamais Deus vai aceitar isso. Que Falta de respeito para com Deus e sua criançao, há tantas maneiras que se pode resolver isso. bando de gente Idiotas….

    francisco jose dos santos

  • ja imaginava q se tratava de manipulação de txto homem da a luzz e foda tinha q por a verdade no cabeçalho da materia